Notícias e Novidades
Friday, 01 October 2021 19:53

Com o voto do PCdoB, deputados aprovam auxílio gás a mais pobres

Com o voto do PCdoB, deputados aprovam auxílio gás a mais pobres Imagem ilustação

Projeto que dá desconto de 50% no gás de cozinha para famílias de baixa renda será analisado agora pelo Senado.

A Câmara aprovou nesta quarta-feira (29) o Projeto de Lei 1374/21, que cria o auxílio Gás Social - um subsídio mensal a ser pago pelo governo federal para subsidiária o preço do gás de cozinha para famílias de baixa renda. A matéria será enviada ao Senado.

O texto prevê que o valor fixado semestralmente deve ser, no mínimo, igual à metade da média do preço nacional de referência do botijão de 13 Kg nos seis meses, conforme estabelecido pelo Sistema de Levantamento de Preços (SLP) da Agência Nacional do Petróleo , Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Segundo a proposta do deputado Carlos Zarattini (PT-SP), aprovada na forma do substitutivo do deputado Christino Áureo (PP-RJ), terá direito ao desconto como famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), com renda familiar mensal por capita menor ou igual a salário mínimo. Os lares que ocorrem entre seus integrantes pessoa que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC) também serão beneficiados.

Preferência

O auxílio será concedido preferencialmente às mulheres feridas de violência doméstica, que selecionado sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência.

Ao encaminhar o voto favorável da Bancada do PCdoB, a deputada Jandira Feghali (RJ) destacou que o projeto em busca de amenizar “a realidade do povo brasileiro que é triste, é dramática, é de extrema pobreza”.

Jandira observou que as famílias mais pobres não “conseguem inclusive se alimentar e nem ter o gás de cozinha” e “estão cozinhando na lenha, sofrendo queimaduras”. “Na verdade, esse preço está alto por uma política estrutural de desprezo pelo povo brasileiro. Este é um projeto que responde emergencialmente. Somos favoráveis e orientamos o voto ‘sim’, mas precisamos ir mais fundo para enfrentar a política de preços deste governo”, disse.

Dolarização

Com a política do governo de submeter os preços dos combustíveis ao mercado internacional e ao dólar, o preço do gás de cozinha disparou nas refinarias da Petrobras, prejudicando principalmente as famílias mais pobres que estão buscando como alternativa o fogão a lenha ou o uso do álcool.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do botijão ao consumidor saiu de R $ 69,54, em maio de 2020, para R $ 93,48 no mês passado, aumento de 34 % Em Mato Grosso, a ANP encontrou o maior preço promoção em um botijão de gás: R $ 135,00.

Fonte: Portal Vermelho

Read 45 times Last modified on Friday, 01 October 2021 19:55

parceria

Seja Bem-Vind@ | Conheça Leci | Propostas | Notícias | Espaço Cultura e Diversidade | Informativos fala Leci | Mais Publicações

Gabinete da Deputada Leci Brandão
Av. Pedro Alvares Cabral, 201, sala 3024, 3º andar
São Paulo - SP - Fone: (11) 3886-6790
Secretaria e agendamento: lecibrandao@al.sp.gov.br
Comunicação e imprensa: deputadalecibrandao@gmail.com
Desenvolvido por MOVIMENTO WEB E ARTES GRÁFICAS E WEBGERAL