Notícias e Novidades
Sexta, 29 Junho 2012 18:56

Marcha do 8 de Março reúne 5 mil pessoas em passeata em SP

Mais de 100 entidades reuniram cerca de 5 mil pessoas em um ato político do Dia Internacional de Luta da Mulher. A passeata saiu da Praça da Sé e tomou conta das ruas do Centro de São Paulo. Com faixas, bandeiras e cartazes, representantes dos movimentos de mulheres e dos movimentos sociais relembraram reivindicações mais importantes relacionadas às questões de gênero.

Temos que garantir mais poder político e de decisão para as mulheres

Há 80 anos as mulheres conquistaram o direito ao voto no Brasil. Mas a nossa história de lutas começou bem antes disso. Há muito que atuamos na política reivindicando igualdade em direitos e oportunidades.

Desde o nascimento de nosso país, as mulheres são exemplo de resistência contra a opressão, contra a escravidão e a exploração. Nossa verdadeira história, aquela que os livros não contam, é marcada por mulheres que lutam cotidianamente para construir um país melhor para seus filhos e que deram suas vidas por isso.

Nossa sociedade mudou. Atualmente ocupamos mais espaços no mundo do trabalho, atuamos nas gestões públicas e ocupamos postos de comando nas empresas. Há cinco anos as mulheres contam com a proteção da Lei Maria da Penha e, em 2010, elegemos Dilma Rousseff nossa primeira Presidenta da República. Apesar disso, várias das lutas do passado permanecem e continuam muito atuais. Ainda somos exploradas no mercado de trabalho e recebemos salários mais baixos do que os homens exercendo as mesmas funções. Ainda somos agredidas psicologicamente e abusadas física e verbalmente.

Para mudar essa realidade, é fundamental aprofundar o nosso poder político nas mais diversas esferas de decisão. É necessário oferecer ferramentas para o empoderamento das mulheres para que ocupemos, de fato, os espaços de poder e decisão em nosso país. Precisamos de mais mulheres nas universidades, nos partidos políticos, nas prefeituras, nos parlamentos, no Poder Judiciário e nos sindicatos.

Garantir mais poder político e de decisão para as mulheres é construir um país mais igualitário para todos.

 

São Paulo, 8 de março de 2012

Ler 1976 vezes
Deputada  Leci Brandão

Em fevereiro de 2010, Leci Brandão filiou-se ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e candidatou-se ao cargo de Deputada Estadual pelo estado de São Paulo, tendo sido eleita com mais de 85 mil votos. Leci Brandão afirmou que sua atuação no Legislativo paulista vai se concentrar em projetos de inclusão de negros nas universidades, no respeito à Lei Maria da Penha, defesa dos professores, no combate à intolerância religiosa e à homofobia.

parceria

Seja Bem-Vind@ | Conheça Leci | Propostas | Notícias | Espaço Cultura e Diversidade | Informativos fala Leci | Mais Publicações

Gabinete da Deputada Leci Brandão
Av. Pedro Alvares Cabral, 201, sala 3024, 3º andar
São Paulo - SP - Fone: (11) 3886-6790
Secretaria e agendamento: lecibrandao@al.sp.gov.br
Comunicação e imprensa: deputadalecibrandao@gmail.com
Desenvolvido por MOVIMENTO WEB E ARTES GRÁFICAS E WEBGERAL